sexta-feira, 11 de setembro de 2009

*-._.-* *-._.-* FIDELIDADE INDIVIDUAL:A CHAMADA DE DEUS PARA ESTE TEMPO*-._.-* *-._.-*



Temos visto que a chamada de Deus para este tempo é que sejamos encontrados fiéis individualmente. “E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (I Ts 5:23).

Há um tempo para sermos santos no espírito, na alma e no corpo e esse tempo é agora e deve permanecer até a volta de Jesus. Receberemos a fidelidade individual, objetivando uma nova identidade, uma nova postura de relacionamento e uma nova maneira de conduzir e de ser conduzido. Isso se traduz em receber a santidade de Deus (tópico visto na semana passada) e em demonstrar um caráter fiel e santo.

2. Demonstrar um caráter fiel e santo Santidade e fidelidade falam da restauração de caráter. Ter um caráter restaurado vale muito. Quantos já ouviram falar que há pessoas, dentro da igreja, com um caráter pior do que muitos que estão fora? Porém, esse não é o propósito de Deus. Ele quer restaurar o caráter do Seu povo. Ele quer que sejamos santos em toda a nossa maneira de viver. Quando temos em nossa vida a santidade e a fidelidade de Deus, todos vêem. Não há como uma pessoa ser santa e infrutífera, pois o resultado da santidade é o fruto. Este ano Deus quer nos libertar de todo argumento e nos curar em tudo. Quem não se submete à cura, entra em disciplina, pois a santidade não aceita argumento.

Ser plenamente irrepreensível é a proposta de Deus para nossas vidas. O mundo precisa ver em nós o testemunho de um caráter irrepreensível, que é igual a santidade. Santidade fala da obra do Espírito Santo, que ninguém pode subestimar. Toda obra do Espírito Santo objetiva gerar santidade na Igreja. Quem é contra a santidade, é contra a obra do Espírito; quem não tem uma vida santa, rejeita a obra do Espírito; quem rejeita a obra do Espírito, assinou a sua morte (Rm 7:5).

“Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser; e os que estão na carne não podem agradar a Deus” (Rm 8:6-8).

Quantas igrejas eram para estar cheias do Espírito e plenamente avivadas e ungidas, mas aboliram a obra do Espírito e estão mornas, sepultadas e sem esperança. Qualquer homem que rejeita a obra do Espírito morre primeiro espiritualmente, e depois morre gradativamente, até chegar ao físico, Mas,

este é o tempo de Deus para todos nós. Viveremos um ano de tremenda restituição no espírito, na alma e no corpo. Porém, não nos faltará a exortação para que andemos em novidade de vida, a qual a Bíblia apregoa, para que vivamos na integridade do Reino de Deus.Decida ter um caráter plenamente irrepreensível. Algumas situações nos constrangem, nos fazem chorar, gemer para gerar a mudança. O Espírito Santo é o Autor da santidade. Não devemos ir contra Ele jamais. Todos aqueles que são fiéis andam na verdade e são conduzidos pelo Espírito Santo.

Apenas o Espírito Santo pode nos levar a uma mudança profunda e genuína no caráter. Quando o Espírito Santo nos transforma interiormente, a mudança é visível, inclusive no físico. A nossa vida recebe a vida de Deus e é transparecida através do nosso rosto. Assim é a obra do Espírito.

Este é o tempo da oportunidade de Deus. Houve um tempo para sermos avaliados coletivamente. Agora, Ele está nos olhando por uma outra balança. Na balança do coletivo, houve fidelidade, agora estamos entrando na balança individual. Todos nós subiremos na balança de Deus e seremos pesados; ninguém escapará dela. Então se prepare.

O que será colocado na balança? Caráter, fidelidade, santidade. Somos chamados para ser santos e a fidelidade anda de braços dados com a santidade. Chegou o seu tempo, apenas creia no que o Senhor lhe entrega hoje: a porção da fidelidade, do caráter e da santidade

Um comentário:

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti