sábado, 12 de setembro de 2009

*O PERFIL DO JOVEM DE DEUS*

O Encontro com Deus




“Eu te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos te vêem. Por isso, me abomino e me arrependo no pó e na cinza.” (Jô 42.5-6)

Nunca se ouviu tantas desgraças e tragédias envolvendo jovens como nos últimos tempos. O índice de suicídio entre adolescentes cresce assustadoramente, a cada dia, no mundo todo! As prisões para menores estão lotadas!

O que está acontecendo? O que está faltando para esses jovens, que em ternos de coisas materiais, têm sido muito mais privilegiados hoje que as gerações passadas?

O que falta é um encontro com Deus.

Somente o Espírito de Deus pode preencher o vazio no coração de cada jovem. Nos países mais desenvolvidos, o governo oferece gratuitamente a todo adolescente, várias atividades educativas, culturais e esportivas, além da escola normal. Ora, por incrível que pareça, são nesses países que o índice de suicídio de pessoas na faixa etária de 15-25 anos é mais alto.

Isso mostra claramente que moças e rapazes podem ser muito ricos, ter uma boa educação, dinheiro, diplomas, amigos, praticar esportes, uma boa família, etc. Mesmo assim nada disso pode dar sentido à vida, senão o Espírito de Deus.

Porém, é importante que se entenda que ter um encontro com Deus não é freqüentar uma igreja ou conhecer a Bíblia, nem mesmo praticar os rituais cristãos. Isso é ser um religioso, mas não significa ter um encontro com Ele.

Quando uma pessoa tem um encontro com Deus, ela passa a conhecê-lO pessoalmente através do Espírito Santo.

Você pode conhecer Deus através de informações recebidas a respeito dEle, mas, repito, isso não é o encontro. Talvez tenha conhecimento de um artista ou político através de jornais, revistas, rádios e TVs, porém você ainda não o conhece pessoalmente. Se um dia o encontrar e mantiver um relacionamento com ele, então você poderá saber quem é aquela pessoa por si mesmo, sem depender do que os outros falam.

Da mesma forma é com Deus. Ora, o próprio Jô, que era um homem de Deus, confessou no final de suas dores: “Eu te conhecia só de ouvir; mas agora os meus olhos te vêem.” (Jô 42.5)

Infelizmente são muitos os que conhecem Deus apenas de ouvir e por isso vivem enganados.

Portanto, é impossível que o jovem tenha um encontro com Deus e ainda viva vazio e angustiado. Ele pode ter dificuldades, lutas, necessidades, contudo jamais é vencido por elas, porque a força de Deus está nele.

Quem não se lembra do jovem Davi? Ele era filho caçula e na sua mocidade teve um encontro com Deus, que se deu exatamente quando o Espírito Santo veio sobre ele ao ser ungido por Samuel.

“Tomou Samuel o chifre de azeite e o ungiu no meio de seus irmãos; e, daquele dia em diante, o Espírito do Senhor se apossou de Davi. Então, Samuel se levantou e foi para Rama.” (1 Samuel 16.13)

Não é de espantar que esse jovem tenha crescido em força e sabedoria e vencido todos os seus inimigos.

A hora é agora!

Se, por um lado, a adolescência é a época da vida que apresenta grandes riscos e perigos para o jovem, por outro, é também a melhor época para ter um encontro com Deus. Por quê? Porque o jovem está limpo e apto a obsorver as palavras e o caráter de Deus mais do que ninguém, devido exatamente a sua juventude. É como o ditado que diz que “cachorro velho não aprende truques novos”. Não é que a pessoa de mais idade não possa se converter e ter um encontro com Deus, mas, sem dúvida alguma, a época melhor para isso acontecer é a adolescência.

O próprio Senhor Jesus sabia disse, e quando escolheu os doze discípulos, todos eram jovens. Nenhum era, dentre os fariseus ou doutores da lei, com seus pensamentos “causados” e enraizados.

O Espírito Santo, através de Salomão, também diz: “Lembra-te teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais dirás: Não tenho neles prazer.” (Eclesiastes 12.1)

Portanto, jovem, se você está lendo este livro e já teve um encontro com Deus, sinta-se um privilegiado. Muitos são os que escarnecem por causa da sua fé, mas eles não sabem o que estão perdendo!

E se você ainda não teve um encontro com Deus, então, agora é a hora de buscá-LO!



O selo de Deus na sua vida



“E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.” (Efésios 4.30)

Talvez você esteja se perguntando: “Como é que eu faço para ter um encontro com Deus?”. Eis a resposta: só o Espírito Santo pode lhe apresentar o Senhor Jesus e fazê-lo ter um encontro com Ele.

Quando você vai à igreja, por mais abençoado que seja o pastor, por mais belos os hinos que você cante ou as informações que receba, ainda assim, nada disso lhe pode fazer encontrar o Senhor Jesus.

Você tem de buscá-Lo pessoalmente em oração fervorosa. Daí o Espírito Santo, que almeja por ciúmes habitar em nossos corações, verá o seu desejo ardente e virá sobre você, e nesse momento, você terá a experiência mais gloriosa de sua vida: O batismo no Espírito Santo!

Sim, como no batismo nas águas, o pastor imerge a pessoa e esta se levanta como nova criatura, semelhantemente ocorre com o batismo no Espírito Santo. Só que nesse caso o pastor da igreja não pode interferir; é o próprio Senhor Jesus submerge a pessoa no Rio de Águas Vivas, isto é, no Espírito Santo.

Quando isso acontece, o Espírito Santo deseja selar aquela para garantir o seu destino a salvação.

É como selar uma carta, por exemplo. Para garantir que ela chegue ao seu destino é preciso lhe afixar um selo próprio. Uma vez selada, ninguém tem o direito de abri-la, a não ser o seu destinatário.

Esse é o trabalho do Espírito Santo na vida da pessoa. Ele nos marca com o Seu selo a fim de que ninguém possa nos tocar, para mostrar que somos dEle e conduzir-nos à salvação.

“Esperamos em Cristo; em quem também vós, depois de ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa; o qual é o penhor da nossa herança, até ao resgate da sua propriedade, em louvor da sua glória.” (Efésios 1.12-14)

Cremos que Deus providenciou o selo do Espírito Santo para que pudéssemos, acima de tudo, nos guardar da sujeira que há nesse mundo.

A degradação moral e espiritual da sociedade em que vivemos têm se tornado insuportáveis. O ser humano tem se prostituído com tudo o que há de ruim, sujo podre e nocivo. Ele tem sido um mero marionete nas mãos do diabo. E o que é pior essa imundícia tem penetrado em muitas igrejas e execrado o santuário de Deus.

Hoje se fala com a maior naturalidade em “cristão homossexual”. Nos Estados Unidos e na Inglaterra já existe o Gay and Lesbian Christian Movement (Movimento Cristão de Gays e Lésbicas). Há muitos pastores que para não perderem a simpatia dos jovens pregam que sexo antes do casamento não é pecado, desde que haja amor. Doutrinas diabólicas a antibíblicas têm tido grande aceitação dentro das igrejas, como: “cair pelo poder de Deus”, “rir no Senhor”, “dormir no Senhor”, sonhos, profecias, etc., enfim, uma verdadeira vergonha.

Como é que você, moça ou rapaz, pode se manter puro (o) e imune às imundícias desse mundo decadente? Só mesmo através do selo do Espírito Santo!

A descoberta do plano de Deus para sua vida

“Agora, pois, ó Israel, que é que o Senhor requer de ti? Não é que temas o Senhor; teu Deus, e Andes em todos os seus caminhos, e o ames, e sirvas ao Senhor; teu Deus, de todo o teu coração e de toda a tua alma (...) para o teu bem?” (Deuteronômio 10.12-13)

Uma vez que o jovem tenha tido um encontro com Deus e o selo do Espírito Santo sobre ele, então ele passa a saber o propósito do Todo-Poderoso em sua vida: que ele venha a servi-Lo.

Gostaríamos de explicar sobre o plano de Deus. Muitos pensam que seu destino está traçado por Deus e que Ele realizará em suas vidas aquilo que tem planejado. Nós, porém, não cremos assim.

Cremos que somos nós que fazemos o destino. Se a nossa vontade com relação à vida é contrária à vontade de Deus, então Ele não nos obrigará a seguir a dEle, mas, nos deixará seguir o caminho que quisermos. Está escrito: “O Senhor está convosco, enquanto vós estais com ele; se o buscardes, ele se deixará achar; porém, se o deixardes, vos deixará.” (2 Crônicas 15.2)

Então, se buscarmos o Senhor, Ele nos deixará achá-Lo, poderá usar-nos no Seu plano. Senão, Ele nos deixará seguir nosso próprio caminho.

Esse plano de que estamos falando não é um plano pessoal que Deus tem para cada um; Ele não tem um plano para mim e outro para você, e outro para o seu colega, não. O plano de Deus é um só. E qual é?

O grande plano de Deus, desde o princípio, é o de salvar almas perdidas e trazê-las para junto de Si, formando um reino de salvos para glorificá-Lo. Esse é o maior e mais sublime plano de Deus.

Então, para realizar esse plano, Ele escolhe pessoas que se encaixem dentro de Sua vontade e as usa. Ora, não tem sido assim desde o princípio?

Veja que ao longo dos tempos, Deus tem escolhido pessoas para usar em Seu plano. Escolheu Noé para começar uma nova terra; escolheu Abraão para dar início a uma nação santa; achou em Moisés um libertador para o Seu povo e um guia para fazê-lo entrar na Terra Prometida; quando Saul lhe desobedeceu, ungiu Seu servo Davi para rei de Israel. E ao precisar de um profeta para exortar Israel, ouvia de Isaías: “Eis-me aqui, Senhor, envia-me a mim”; quando Seu Filho veio à Terra para nascer como homem, achou dentre as mulheres, Maria; quando Jesus começou seu ministério terreno escolheu os doze apóstolos.

Hoje, o Espírito Santo ainda está à procura de homens e mulheres para dar continuidade ao Seu plano. Isso significa dizer que, se dentre os milhões de jovens nesse mundo você teve a oportunidade de um encontro com Deus e ser selado com o Seu Espírito, então Ele quer que você faça parte de Seu plano!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti