domingo, 10 de abril de 2011

♥Restaurando os níveis de aliança♥


Na vida, encontramos pessoas que ainda não aceitaram Jesus como Senhor e Salvador; encontramos pessoas que quase têm o Reino, mas não têm o Reino de verdade; encontramos pessoas que são quase cristãs, mas que não são cristãs de verdade. Podemos avaliar que encontramos pessoas que quase têm, mas não têm.

Você já parou para pensar no que você tem e no que você é? Já imaginou quem você pode ser nos próximos 5 anos de sua vida? A vida é tão rápida! As coisas acontecem de forma tão veloz. Por isso, devemos aprender a fazer decisões que sejam duradouras, decisões que sejam maduras.

Na vida, precisamos ser pessoas que valorizam a existência, pois o mundo está permeado de pessoas que não valorizam a sua existência e se permitem depressão, opressão e tristezas profundas, deixam que a casualidade acabe por engolir a sua essência; não conseguem se alegrar nem pela bênção de estarem vivas.

Um dia, olhei para uma pessoa e agradeci a ela por sua existência. Ela me respondeu que todo mundo existe. Eu a corrigi dizendo que não, que há pessoas que não existem, elas estão, mas não são; passam pelo Planeta, mas não fazem história; não marcam a sua identidade, pois não constroem nada que seja relevante.

A vida é passageira, ligeira, muito rápida. Pensamos que a vida é muito longa, que temos muito tempo pela frente, mas isso não é verdade. Quando nos damos conta, o tempo ou chegou ou já passou. Existem situações que precisam de decisões imediatas, porque a vida é feita de oportunidades e de decisão. Alguns têm oportunidades, mas não decidem. Outros querem decidir, mas não têm oportunidades.

Há pessoas que pensam que viver de alegria é beber, fumar, usar drogas, farrear, gritar, etc. Mas, a Bíblia diz que a alegria do Senhor é a nossa força e não está ligada a nenhuma das situações citadas. Mas como alegria é um sentimento, as pessoas expressam a alegria pelos canais que conhecem.

Quando o Brasil perde ou ganha um jogo de futebol, por exemplo, seja na Copa ou nas Olimpíadas, algumas pessoas têm o humor enfraquecido, iram-se e perdem a ‘alegria’. Para nós, ainda que sejamos brasileiros, nossa alegria não está pautada em um jogo de sorte ou de azar, mas nAquele que é Senhor dos senhores e Rei dos reis.

Dr. Merval Rosa, um dos maiores psicólogos da história brasileira, diz que alguns nasceram para ter e outros nasceram para ser. E que, infelizmente, a grande maioria nasceu apenas por nascer, porque não descobriram o caminho de ser para ter.


Aliança entre Israel e Deus

A Bíblia diz em Oseias, que o povo perece por falta de entendimento (Oseias 4:6). Deus diz ao Seu povo que eles não podem ser fechados, isentos de entendimento. Deus usa a figura do boi para falar com eles, mostrando que o boi é o animal de menor percepção (Isaías 1:3). Ele não tem direção para correr, por isso, nas touradas, eles saem desembestados.

Deus estava lembrando ao Seu povo que um boi não poderia dar-lhes direção, como aconteceu no deserto, quando Moisés subiu para receber instruções de Deus por 40 dias e, ao descer, encontrou um bezerro de ouro, o deus Ápis. Eles criaram um deus para lhes dar a direção de volta ao Egito.

O Senhor lhes mostrou que o boi não tem entendimento e que Ele, o próprio Deus, estava chamando a atenção do Seu povo para que voltassem para Ele. Se o povo não abre o entendimento, não há como fazer o caminho do retorno, entre o povo e Deus e entre Deus e o povo. Deus chama Israel de volta para fazer aliança com Ele.


Aliança entre marido e mulher

A aliança entre marido e mulher fala da fidelidade que está na família. Quem tem Deus como Senhor da sua vida, a primeira coisa que recebe é a restauração familiar. A partir do verso 15, do capítulo 2 de Malaquias, Deus diz que o Seu povo cobriu de violência o pacto que foi firmado no altar com a mulher da sua mocidade.

O Senhor continua dizendo que eles mancharam o vestido da mulher da aliança. E que, por causa disso, não recebia as ofertas que entregavam nem ouvia as suas orações. Deus disse ao povo que, por causa da quebra desse princípio, a prosperidade foi retida.
Todas as pessoas que casam e permanecem fiéis na aliança do casamento prosperam absurdamente. Ainda no capítulo 2:10-16 de Malaquias, encontramos a única afirmativa de Deus em relação ao ódio. Deus diz que odeia o divórcio. Odiar é o mesmo que aborrecer, rejeitar e renunciar.

Deus é Senhor de aliança, Ele conserta e restaura alianças. Seja qual for o estado em que você estiver, ao encontrar Jesus, há solução para o seu caso, porque Aquele que está em Cristo é uma nova pessoa, as coisas velhas passaram e tudo se faz novo.

Há remédio para o seu casamento, há remédio para mudar a sua história. Você não está perdido e desorientado quando vem para Jesus. Mesmo com dor, há solução. Deixe a acusação de lado, não há condenação para aquele que está em Jesus. É verdade que o diabo é acusador e trabalha com feridas, dor, sentimentos, traumas... Esse é o papel dele. Ele quer traumatizar casamento, relacionamentos, o povo de Deus, e quem puder. Ele quer traumatizar, porque sabe que um trauma é uma porta aberta para argumentos.

A aliança entre homem e mulher faz nascer uma família que deverá desenvolver uma aliança debaixo de princípios. Todo mundo quer um casamento saudável. Até os que dizem que não querem, querem! Para muitos, a vida está sem graça. A vida perdeu a tônica de alegria, perdeu o riso. Todo marido ou esposa que faz um caminho alongado antes de chegar a sua casa, certamente tem um problema que não quer ser enfrentado.

A Graça de Deus precisa entrar na família, no casamento, para que a sua casa seja um tabernáculo do Deus vivo. Muitas casas deixarão de ser pontos de contatos de demônios e idolatrias para se tornarem em casas que têm a presença do Deus Todo Poderoso.

O livro de Levítico diz que uma casa onde não há sacerdócio é uma casa onde não há presença de Deus, e que até as paredes têm maldição. O telhado goteja, não há jeito de tirar a infiltração na parede, a casa é mofada, os filhos têm alergia, o pai e a mãe são alérgicos, a família é alérgica nos relacionamentos. É alergia de todo o tipo porque o ambiente é alérgico. Nem a casa possui alegria.

Quando entramos em uma casa, percebemos o ambiente espiritual, sentimos os céus daquele lugar. Há situações que dá até vontade de fazer o que a Bíblia diz: bater os pés para tirar o pó e ir embora na mesma hora.

Mas Deus quer restaurar os níveis de aliança. Pode ser sua com Ele ou pode ser a aliança do seu casamento, o Senhor quer que você tenha a alegria do Reino de Deus e compreenda os níveis de aliança.

Se uma casa não tem alegria, os céus dessa casa, o telhado dessa casa, o ambiente dessa casa não tem graça, não tem unção, falta alguma coisa no sobrenatural. Mas a casa onde os umbrais e a porta de entrada estão selados, recebe a proteção de Deus. Deus quer fazer da sua casa um lugar em que você tenha prazer de estar, assim como todas as pessoas que chegarem também tenham vontade de ficar. A sua casa será chamada um pedacinho do céu! Sua casa se transformará na sede do avivamento do Deus Todo Poderoso, porque a glória de Deus a invadirá! 

2 comentários:

  1. A paz do Senhor!
    Estive em visita,amei seu blog, já estou te seguindo.Aguardo sua preciosa visita, se gostar é só me seguir, será uma honra. Peço a Deus pra te abençoar rica e poderosamente em nome do Senhor Jesus.

    ResponderExcluir
  2. A paz de Cristo! Sou seguidor do seu blog a um bom tempo, você também já segue o meu antigo blog aprendendo em sarepta que com o bug que aconteceu no blogger eu o perdi estou convidando você a seguir meu novo blog.
    Saladecinemagospel
    É uma maneira de olhar o cinema com criticas cristãs.
    Que Deus continue abençoando seu blog.

    Abraços do Rodrigo Almeida

    ResponderExcluir

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti